Testemunhos

A alegria de confiar!

Quando na capela do CREU a madrinha Nídia me anunciava que estava a ser chamada a partir em missão para Benguela um imenso mar de perguntas percorreu a minha cabeça. E, bem antes de eu sequer perguntar ela dizia-me: “Não saberás já que projeto vais acompanhar. Nos próximos dias a Carmo ligar-te-á.”

Eu sabia que projetos estavam a acontecer em Benguela e, para mim, entre a minha formação académica e a alegria de trabalhar em Educação a escolha era óbvia. Ainda assim, foram dias de confiar que o Espirito Santo e a equipa de seleção sabiam o que me entregar.

Pois bem, é aqui mesmo que reside toda a graça do que hoje vos quero falar: a graça de confiar. Caminho feito durante a formação LD e que se propaga pelos dias em missão.
Ainda bem que confiei que existe bem mais do que minha formação académica e as alegrias vividas no trabalho em Educação.

Há quase seis meses acompanho o Grupo Comunitário do Bairro da Graça (ou será antes ele que me acompanha?). Graças a ele coloco em prática a minha formação académica como até então não me tinha sido possível e aprendo tanto que as vezes chego a duvidar dela. E, mais gratificante de tudo, há seis meses são imensas as novas alegrias descobertas com este projeto e com as suas pessoas.

Que dizer da alegria quando acompanho o Albino, o João, o Raúl ou o Cesário na entrega dos convites das atividades do grupo à comunidade. Da alegria da Enfermeira Generosa quando trata os assuntos de saúde com a comunidade que acolheu como sua. Das horas com a Sónia a traduzir dinheiro do projeto em alegria. Da dança e do teatro que são alegria espelhados nos olhos da Nack, do Salú, do Dami ou do Dadá, e de tantos outros, quando apresentam as suas obras à comunidade. Da alegria de todos os dias quando olho o Espaço Criança e saber nascido da comunidade. Da alegria de estar na mesma mesa com pessoas do Governo, da Educação, da Saúde, da Ação Social, dos Coletivos de Arte, das Empresas, com os Jovens e com as Mulheres, e que juntos refletimos sobre a casa comum: a nossa comunidade do Bairro da Graça.

Apresentação Roteiro de Desenvolvimento

Kavipa, Bongue, Salú, Esperança e Nack, na atividade de apresentação do Roteiro de Desenvolvimento do Bairro da Graça

Estas são algumas das alegrias destes meses traduzidas em confiança. Confiança que mesmo não sendo tudo sempre perfeito (que não o é), mesmo com tantos desafios e constrangimentos no trabalho com o grupo, estas pessoas estão a fazer de mim uma nova profissional e uma melhor pessoa, de bagagem repleta de novas alegrias. Entre o “só” estar e trabalhar com estas pessoas as palavras de uma grande amiga ecoam em mim e no trabalho que sou chamada a fazer, vivendo assim acompanhada, confiada e alegre: “Se queres que algo de novo aconteça na tua vida deves fazer coisas que nunca fizeste.”

Rita Marques
Benguela, 2017-2018