Notícias

Documentário “O dia de amanhã” chega ao Niassa e a Lichinga

O dia 27 de dezembro de 2018 marcou a chegada do documentário “O dia de amanhã” ao Niassa, local que acolheu toda a recolha de imagens e sons. O Centro Pastoral da Diocese de Lichinga, na cidade de Lichinga, província do Niassa, acolheu a primeira exibição do documentário “O dia de amanhã” sobre as Escolinhas Comunitárias do Niassa (ECN), realizado com a Associação AO NORTE, permitindo assim o regresso.

O documentário retrata a experiência partilhada entre os Leigos para o Desenvolvimento e a Diocese de Lichinga na implementação das ECN ao longo de mais de 20 anos, à qual, mais recentemente, se juntou a FEC – Fundação Fé e Cooperação.

“O dia de amanhã” mostra o projeto e o trabalho das ECN, o contexto e a realidade da província do Niassa, e aborda vários assuntos como os desafios, as perspetivas, a sustentabilidade, o desenvolvimento, a estrutura de funcionamento, a base comunitária do projeto, o envolvimento dos diversos parceiros, entre muitas outras coisas.

Os participantes convidados, principalmente membros do clero diocesano baseados na cidade de Lichinga, bem como atores da sociedade civil com projetos na área da primeira infância, mostraram-se muito gratos com a possibilidade de assistir em primeira mão ao documentário.

Para além disto, deram uma avaliação muito positiva ao documentário e ao trabalho nas Escolinhas Comunitárias do Niassa, nomeadamente da parte dos Leigos para o Desenvolvimento.

“Não há grandes dúvidas do trabalho dos Leigos para o Desenvolvimento ao longo deste tempo. Só temos de estar agradecidos.” disse a Ir. Juliana Wandi, reconhecendo ainda a importância da “formação para os monitores, para que possam trabalhar melhor com as crianças.”

A Ir. Albertina expressou que “os monitores, com um vencimento tão pequeno, são uns verdadeiros heróis. É bom saber que ainda há pessoas interessadas em trabalhar para o bem de todos.”

Numa outra lógica, Luís, dinamizador de um espaço infantil na cidade, e o vigário-geral da Diocese manifestaram-se muito contentes pela preocupação com as questões de sustentabilidade, de recursos humanos e financeiros, sugerindo ainda que se deve tentar materializar o mais possível o envolvimento do estado.

Os cerca de 30 participantes louvaram a iniciativa e mostraram-se muito agradecidos e agradados com a visualização do documentário, sendo a primeiro de um conjunto de visualizações a realizar nos locais onde estão implantadas as ECN.



Esta iniciativa decorre do projeto Othukumana II, parceria entre os Leigos para o Desenvolvimento, a Fundação Fé e Cooperação e a Diocese de Lichinga, e financiado pela Misereor/Kindermissionwerk.