Notícias

MasterClass em Benguela com o Chef Henrique Sá Pessoa

A cidade de Benguela recebeu a visita do prestigiado chef português Henrique Sá Pessoa para a promoção de uma reflexão para uma alimentação mais justa e sustentável, fazendo-nos tomar consciência da viagem que percorrem os alimentos que ingerimos, desde a terra, do mar ou do ar, até ao nosso prato, em Angola ou Portugal.

Esta iniciativa, denominada Mundo à Mesa, foi promovida pela FEC – Fundação Fé e Cooperação – uma ONGD portuguesa que tem trabalhado a problemática do Direito à Alimentação. Esta visita permitiu reunir em torno da mesma mesa outros chefs, decisores e organizações locais.

Nesse sentido, o GAIVA (Gabinete de Apoio à Inserção na Vida Ativa) foi contactado pela organização deste evento, uma vez que tem estabelecido diversas parcerias na área da hotelaria e restauração, que têm permitido a integração de jovens no mercado de trabalho através da realização de estágios e encaminhamento para postos de emprego.

Participando nesta iniciativa, estes jovens tiveram oportunidade de esclarecer questões e curiosidades relacionadas com a experiência profissional adquirida até então e de alargarem a sua rede de contactos na área através da troca de experiências entre as diversas entidades e instituições envolvidas na atividade.

MasterClass Henrique Sa Pessoa

Deste modo, na tarde do dia 30 de agosto decorreu uma MasterClass, que consistiu numa aula interativa onde foram cozinhadas várias refeições, completas e saudáveis, graças à experiência de outros cozinheiros, restaurantes, instituições e projetos locais. Nesta aula estiveram presentes dois moradores do Bairro da Graça, que atualmente frequentam um estágio num restaurante da cidade de Benguela, por intermédio do GAIVA. Para a Mamã Rosalina e para o Salu foi uma oportunidade de literalmente trazerem à mesa aquilo que têm aprendido nas formações e estágios que têm realizado, bem como aprender novas receitas.

Mama Rosalina e Salu MasterClass

Já no dia 31 de agosto realizou-se uma conversa/debate sobre a Alimentação Sustentável, onde foram partilhadas as experiências da MasterClass do dia anterior bem como apresentados outros projetos e iniciativas locais ligados à área da restauração, alimentação saudável, produção alimentar, empregabilidade, entre outros. Foi neste contexto que foi apresentado, pela LD Mariana e pelo Julião, coordenador do GAIVA, o trabalho que tem sido realizado pelo GAIVA, com um destaque para a importância da formação dos jovens nas áreas da restauração. Nesta palestra estiveram presentes 17 residentes do Bairro da Graça, entre membros do GAIVA e mamãs do projecto Epongoloko Lyukãy, pelos estágios e outros trabalhos que têm realizado na área da cozinha e hotelaria.

Para todos foi uma oportunidade para trocar experiências, aprender, desenvolver e acima de tudo, tomar consciência que todos somos responsáveis por uma produção e um consumo alimentar mais justo e sustentável. Nós precisamos disso, e o nosso planeta também!