Voluntariado Internacional

Voluntariado Internacional

Pontos TAP

Campanhas

Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2011 JoomlaWorks Ltd.

Testemunhos

Catarina Veiga
Seis da manhã. Passo por grupos de crianças de mochila, dou e recebo os bons dias - “Bom dia, Cátárrina!”- e sigo, em passo apressado, de volta a casa após uma caminhada matinal, por entre o verde da vegetação, o azul do céu e do mar e ao som da melodia de diversos passarinhos coloridos. Se à ida caminhei sozinha, à volta não me falta companhia.
Mariana Cadaveira
…quando confia e dá oportunidade de viver esta tão bonita missão LD …quando dá opção de escolha e ilumina nos momentos de maior desorientação ou pressão, ajudando a decidir com liberdade e paz interior …quando ajuda a crescer também através das pedras, pedregulhos e areias movediças que vão aparecendo ao longo do caminho
Tiago Fernandes
Quanto é que acham que ele mede? Será entre um metro e dez e uns trinta metros? Acho que dificilmente dá para o medir metricamente, mas sonoramente serei capaz de o medir? Somos capazes de o escutar e avaliar? Sabemos encontrar esse espaço na nossa vida e, medindo-o, perceber o quão alto ele nos fala?
Leonel Azevedo
-“Muito bom dia caros ouvintes, é com alegria que vemos nascer um novo dia e damos as boas vindas a mais uma oportunidade de ser felizes. Continue com a melhor música e sintonizados na Rádio YOGO.”
Diogo Gaspar
Um dia em conversa com um amigo de longa data das comunidades LD de Cuamba, ouvi um termo muito engraçado para se referir à forma de ser e estar dos Leigos em missão, “Chip LD”. Na altura achei piada ao termo mas só passado algum tempo comecei a pensar no que poderia realmente significar.
Joana Antunes
"O momento de fazer a diferença é agora”. Foi este o mote para o evento solidário LD, realizado na cidade de São Tomé. Este foi repleto de música, tragédia tchiloli, testemunhos, surpresas e sorteios. Contámos com a ajuda incansável de vários patrocinadores, parceiros e amigos para a concretização do mesmo.
Sílvia Santos
O guião está decorado, todas as falas estão na ponta da língua, a mensagem está desejosa a ser transmitida… cenário montado, público reunido e atores mais que prontos para entrar em cena. Tudo a postos. Vamos então começar!
Luís Santiago
Aqui em Cuamba, o clima é na maioria das vezes sufocante. Mal saio do banho frio, começo a transpirar. Durmo debaixo de uma rede mosquiteira para evitar ser picado por mosquitos infectados com malária e outras doenças, mas mesmo assim não consigo evitar formigas e, por vezes, outros insectos na minha cama.

Notícias

A festa da gastronomia voltou à Boa Morte, desta vez para celebrar a conclusão do Curso de Culinária, que se realizou na sede da Associação de Moradores de Boa Morte (AMBM). Esta cerimónia aconteceu no passado dia 18 de junho deste ano, e contou com a presença de muitos membros da comunidade, congratulando as 10 formandas e a respetiva formadora pelo empenho, dedicação e sucesso alcançado ao fim da formação de 3 meses. No meio da música e da riqueza gastronómica foi realizada a cerimónia de entrega dos certificados de participação.
No passado dia 14 de maio, uma equipa de monitores do Espaço Criança coordenou e implementou atividades pedagógicas sob as temáticas da alimentação saudável e reciclagem no “Dia da Família Unitel”. A maior operadora de telecomunicações em Angola organizou um evento no Largo 1º de Maio em Benguela com diversas atividades e espaços para toda a família e entregou o “Clube da Criança” a cargo da equipa do Espaço Criança.
É certo que o dia 1 de junho se celebra em todas as Escolinhas Comunitárias do Niassa, mas na impossibilidade de estar presentes nas várias escolinhas, todos os anos a coordenação das escolinhas marca presença numa área diferente. Este ano, a zona do Mitucué foi a seleccionada e a Escolinha de Chirrosso, à qual se juntou a Escolinha do Cruzamento, receberam e organizaram um evento que começou a ser preparado meses antes.
Com o foco de contribuir para o aumento da empregabilidade em Benguela, principalmente da comunidade do Bairro da Graça, o GAIVA (Gabinete de Apoio à Inserção na Vida Ativa) tem incidido os seus esforços na procura de vagas para estágio profissional e emprego. Apesar do contexto económico desafiante, pela enorme dificuldade de importação, redução do volume de negócios, aumento dos preços e da inflação, este ano, tivemos a grande felicidade de recrutar mais 4 colaboradores para o Projeto Social da Fábrica de Velas, 13 estagiários para o Hotel Praia Morena e 5 estagiários para o Instituto Superior Politécnico Jean Piaget de Benguela. Estamos ainda a recrutar um Fiel de Armazém para uma empresa no Lobito.
Teve lugar no passado dia 27 de Maio, o 1º Concurso Gastronómico de Boa Morte, no Centro Comercial da Penha. Neste evento organizado pelo Grupo de Comerciantes de Boa Morte, participaram membros da comunidade, com vontade de demonstrar o seu talento e perícia na cozinha, que pretendia promover o comércio (gastronómico) de Boa Morte, indo ao encontro dos objetivos do Grupo de Comerciantes. Este grupo tem por objetivo impulsionar os comércios, os negócios e os produtos do bairro da Boa Morte.
O terreiro da Formiguinha, no Bairro de Boa Morte – bairro periférico da cidade capital de São Tomé e Príncipe – foi o palco para a apresentação do grupo de Tchiloli da Formiguinha no âmbito das comemorações do 5º aniversário do Grupo Comunitário da Boa Morte. Motivos de sobra que levaram a Embaixada de Portugal a visitar o referido bairro no passado dia 20 de maio.
Decorreu no passado dia 6 de maio, no espaço CACAU em São Tomé e Príncipe, um Evento Solidário dos Leigos para o Desenvolvimento (LD). Este teve como principiais objetivos a angariação de fundos para apoiar as missões e projetos desenvolvidos pelos LD no território santomense. Mas também a promoção dos projetos desenvolvidos localmente, mostrando a forma de trabalho da organização no terreno, a sua proximidade às comunidades e ainda o impacto que os projetos em curso têm a longo prazo. 
O Centro de Recursos Educativos (CRE) da Escola Básica da Boa Morte, em São Tomé e Príncipe, abriu portas e tem tido bastante adesão por parte de toda a comunidade escolar. Com o objetivo de contribuir para uma melhoria da resposta educativa, o CRE disponibiliza livros e materiais didáticos tanto para professores como para alunos.
Decorreu no passado sábado, 22 de abril, a 1ª Assembleia Comunitária do Bairro de Boa Morte e contou com a presença de mais de meia centena de pessoas, todas elas habitantes do referido bairro.